3.6.08

Nem uma única linha só minha


NEM UMA ÚNICA LINHA SÓ MINHA é o título do espetáculo-palestra que apresentarei no próximo sábado, dia 7, às 19h30, no Itaú Cultural, em São Paulo, dentro da programação do projeto Redes da Criação. Dividirão o palco comigo dois amigos e parceiros da pesada: o músico e artista plástico Benedikt Wiertz (esraj, sitar, trumpete, objetos, voz e performance) e o bailarino Alexandre Tripiciano. Eu vou de microfone(s), laptop zoador, processador de efeitos, gravadores cassete e digital, objetos e performance. Fora do palco, tenho contado com as colaborações preciosas de outros três bons amigos artistas: Eduardo Jorge, Vanessa de Michelis e Daniel Reis (Eduardo, com um trabalho-surpresa; Vanessa e Daniel, com a edição do vídeo "No que pensam os pés quando longe da bola"). A foto acima foi feita durante a aula-performance que dei, em maio do ano passado, na New York University, e tem como função, aqui e agora, preparar o terreno para as novas alegrias que começam finalmente a dar as caras. O poema abaixo, que integra o roteiro do espetáculo, idem. Importante: a sala Itaú Cultural (avenida Paulista 149) comporta 247 pessoas, e os ingressos são distribuídos com uma hora de antecedência.

CINE-OUVIDO


você fecha
os olhos e vê:
luzes pulsando
contra um
fundo sem cor

cobre os ouvidos
e ouve: o eco
do pulsar
das luzes da
estrofe anterior

9 comentários:

Cândido Rolim disse...

Puxa, bárbaro mesmo, Ricardo! sucesso a todos. e meu abraço ao Edu Jorge. valeu!

marcelo disse...

Sucesso, Rique! Maravilha!

benjamin abras disse...

Fino Ric!!! Amanhã estarei no Palácio das Artes na noite do Griot performando poemas do Abdias Nascimento!!! Se der baixa lá!!!

Inté

Benjamin Abras

Marcelo Kraiser disse...

muito sucesso e alegrias para vocês todos!
e aí, Ric, essa performance acontecerá em bh também para nossos olhos e ouvidos?
abraços
MK

rita brant disse...

oi Ricardo,
estarei lá para participar da criação e ser mais um peixe desta rede.
beijo de fã da Rita Brant

Ricardo Aleixo disse...

Cândido, Marcelo(s), Benja, Rita: gracias pelas palavras de estímulo! Abraços! PS: Kraiser, caríssimo, difícil fazer aqui, devido à falta de espaços adequados e equipamento técnico necessário. Você sabe como é isso...

Ice Band - Sobrevivente de Guerra disse...

Ei Aleixo, sucesso pro trio. Quanto à falta de espaço e equipamentos de BH, precisamos resolver isso, não é justo com seus fãs da terrinha.
Vá com Deus, as pulgas, as tralhas, os versos e volte logo!

Pequenas Verdades e Grandes Mentiras disse...

Oi Ricardo!
POr pura sorte e deriva acabei assistindo seu espetáculo e adorei! Saí antes de poder dizer qualquer a que fosse digno, mas queria registrar como as palavras-versos e concatenações sonoras e musicais (O último poema da cabeça é musical até o limite de sua poética)me alimentaram, me nutriram e me motivaram e retomar os meus poemas e criações!
Saí de lá tiritando de frio e isso já me rendeu um poema-sonoro e na minha cabeça um poema-gráfico, tal como os concretos fizeram. Só tenho que parabenizar os trabalho de vocês e agradecer o "empurrão"!
Abraço
Tania K

Silvia disse...

Puts! Perdi vocë!
E eu estava em SP no dia...!!!
Na próxima lá ou cá, onde quer que seja isso!
abs