2.9.10

Estou a poucas horas

de colocar “minha enorme mão/ de Maiakóvski/ da periferia” no meu novo livro (esse verso é de uma lírica que incluí no Modelos vivos, e que vou cantar, acompanhado pela guitarra de Alvimar Liberato, no próximo dia 14). Quem mora em outras cidades, desta vez, pode ficar tranquilo. Além do site da Livraria e Editora Crisálida [compras diretas, com pagamento em cartão de crédito, boleto bancário ou transferência bancária], os que se interessam pela minha talvez-poesia agora poderão fazer seus pedidos nas lojas e nos sítios das livrarias Cultura (em Campinas, Brasília, Porto Alegre, Recife e Fortaleza), Travessa, Martins Fontes e Saraiva e na loja da Pró Século, em Uberlândia.





4 comentários:

Edson Cruz disse...

ops. quero um exemplar de sua talvez-poesia...
abraço,

Marcelo Kraiser disse...

Quero verler este livro.

Ricardo Aleixo disse...

Também quero, gente. ELE só chega amanhã. ;(

Dora de Oliveira disse...

Rique,

A capa é o convite para adentrarmos "modelos vivos" e, aproveitando, parabens pelo grande dia. Salve 14 de setembro.

Dora