21.7.09

Stratosfera #1

Primeira parte de uma peça vocal composta em memória dos 30 anos de morte do cantor Demetrio Stratos (descendente de gregos – seu nome de família é Efstratiou Demetriou –, nasceu em 1945, no Egito), um dos artistas mais importantes no contexto internacional de poéticas experimentais da voz. Em todas as demais sessões da peça – ainda em processo –, tal como na primeira, o único som explorado é a voz de Ricardo Aleixo, registrada numa sessão de improvisação livre realizada em setembro de 2008 e posteriormente submetida a reprocessamento eletrônico-digital. Toda a dinâmica de Stratosfera # 1  foi definida durante as improvisações. Na fase de mixagem, o performador e compositor se empenhou na seleção de células rítmicas e inflexões “quase melódicas”, buscando reiterar tais procedimentos – o que faz com que a peça se situe, desafiadoramente, nos limites nem sempre nítidos entre a música e as diversas correntes da sound poetry (sobretudo pela total ausência de palavras).

Ficha técnica: projeto de design sonoro, improvisação vocal, tratamento sonoro, mixagem e masterização: Ricardo Aleixo 

3 comentários:

Gláucia Machado disse...

E X C E L E N T E !

Samuel Giacomelli disse...

Curti o trabalho, camarada!
Curioso esse tal de sound poetry. Pesquisarei mais sobre o assunto.

rita brant disse...

Grata por ampliar percepções nossas.
Gde abraço,
Rita