24.12.07

Pergunta

5 comentários:

gláucia disse...

resposta: eu, com certeza, toda vez que leio um belo poema novo, ou vecchio.
beijo natalino!

benjaminabras disse...

o olho diante do fato o ato diante do instante o tato diante do gesto o corpo diante do gozo...

Anônimo disse...

Péricles Cavalcanti


o sol nasceu
a luz nasceu
o dia nasceu
e o sol nasceu

é tudo mentira
é tudo figura
quem nasceu fui
quem nasceu foi você
e a gente não sabe bem como
e nem sabe porque

pra mãe natureza
o templo do pai
é tudo mentira
é tudo figura

quem tem mãe sou eu
quem tem pai é você
que embora não fiquem com a gente
é impossível esquecer
ABRAÇO

Cândido Rolim disse...

Um monte de gente!
abração
Cândido.

Anônimo disse...

voceu